Android

Android é um sistema operacional móvel que roda sobre o núcleo Linux, embora por enquanto seja ainda desenvolvido numa estrutura externa aonúcleo Linux. Foi inicialmente desenvolvido pelo Google e posteriormente pela Open Handset Alliance, mas a Google é a responsável pela gerência do produto e engenharia de processos. O Android permite aos desenvolvedores escreverem software na linguagem de programação Java controlando o dispositivo via bibliotecas desenvolvidas pela Google. Existem atualmente mais de 250 mil aplicações disponíveis para Android. O sistema operativo Android consiste em 12 milhões de linhas de código, incluindo 3 milhões em XML, 2.8 milhões de linhas de C, 2.1 milhões de linhas de código Java e 1.75 milhões de linhas de código em C++.

História

Em julho de 2005 a Google adquiriu a Android Inc., uma pequena empresa em Palo Alto, California, USA. No tempo da Google conduzido por Andy Rubin, foi desenvolvida uma plataforma de telefone móvel baseado em Linux, com o objetivo de ser uma plataforma flexível, aberta e de fácil migração para os fabricantes.

Mais especulações que a Google estava entrando no mercado de telefones móveis surgiram em Dezembro de 2006, com as noticias da BBC e The Wall Street Journal sobre a Google estar disposta a entrar no mercado de buscas e aplicações para telefones móveis e trabalhar duro para isso. A imprensa reportou rumores de um telefone desenvolvido pelo Google. Atualmente, é desenvolvido em parceria com a empresa de Software, Sun corp.

O primeiro telefone comercialmente disponível a rodar no sistema Android foi o HTC Dream, lançado a 22 de outubro de 2008.

Em 27 de maio de 2010 Matias Duarte, antigo diretor da interface do WebOS, junta-se à equipa do Android após a compra da Palm pela HP.

O primeiro tablet comercialmente disponível a rodar o sistema operativo Android 3.0 foi o Motorola Xoom, lançado a 24 de fevereiro de 2011 nosEstados Unidos.

Características

Com o lançamento do SDK, características e especificações para o Android são facilmente distribuídas.

Handset layouts
A plataforma é adaptada tanto para dispositivos VGA maiores, gráficos 2D, bibliotecas gráficas 3D baseadas em OpenGL ES especificação 2.0 e os layouts mais tradicionais de smartphones,
Armazenamento
É utilizado SQLite para armazenamento de dados,
Conectividade
Celulares com Android não se conectam ao computador pela porta USB, sendo necessário instalar hacks para tentar fazer isso.
Mensagens
Tanto SMS como MMS são formas disponíveis de envio de mensagens.
Navegador
O navegador disponível no sistema é baseado no framework de Código aberto conhecido como WebKit.
Máquina virtual Dalvik
Aplicações escritas em Java são compiladas em bytecodes Dalvik e executadas usando a Máquina virtual Dalvik, que é uma máquina virtual especializada desenvolvida para uso em dispositivos móveis, o que permite que programas sejam distribuídos em formato binário (bytecode) e possam ser executados em qualquer dispositivo Android, independentemente do processador utilizado. Apesar das aplicações Android serem escritas na linguagem Java, ela não é uma máquina virtual Java, já que não executa bytecode JVM.
Multimédia
O sistema irá suportar formatos de áudio e vídeo como: MPEG-4, H.264, MP3, e AAC.
Suporte Adicional de Hardware
O Android é totalmente capaz de fazer uso de câmeras de vídeo, tela sensível ao toque, GPS, acelerômetros, e aceleração de gráficos 3D.
Ambiente de desenvolvimento (SDK)
Inclui um emulador, ferramentas para debugging, memória e análise de performance. O IDE Eclipse (atualmente 3.4 ou 3.5) poderá ser utilizado através do plugin Android Develpment Tools (ADT). 

Versões

As diferentes versões de Android têm desde a versão 1.5, nomes de sobremesas ou bolos (em inglês) e seguem uma lógica alfabética:

  • 1.5: Cupcake (Abril de 2009, com a última revisão oficial a maio de 2010)
  • 1.6: Donut (Setembro de 2009, com a ultima revisão oficial a maio de 2010)
  • 2.1: Eclair (Janeiro de 2010, com a última revisão oficial a maio de 2010)
  • 2.2: FroYo (Frozen Yogourt – Maio de 2010, com a última revisão oficial a julho de 2010)
  • 2.3: Gingerbread (versão atual lançada a 6 de dezembro de 2010)
  • 3.0-3.2: Honeycomb (Lançada especialmente para tablets em Janeiro de 2011)
  • 4.0 Ice Cream Sandwich – Lançamento previsto para Outubro de 2011. O número foi pulado de 2.4 para 4.0 pelo motivo da diferenciação entre o sistema para tablets e smartphones, que desta vez vai ser unificado.

Licenciamento

Com a exceção de breves períodos entre atualizações, o Android está disponível como código aberto desde 21 Outubro de 2008. A Google publicou todo o código sob a licença Apache.
Estatísticas de Utilização

Dados obtidos durante duas semanas terminando a 1 de dezembro de 2010

Outros: 0.1% de dispositivos com versões obsoletas

Plataforma API Distribuição
Android 3.x.x (Honeycomb) 11 0.3%
Android 2.3.x (Gingerbread) 10 4.0%
Android 2.2 (Froyo) 8 65.9%
Android 2.1 (Eclair) 7 24.5%
Android 1.6 (Donut) 4 3.0%
Android 1.5 (Cupcake) 3 2.3%

 

Material retirado de: Wikipédia

Um comentário sobre “Android

Comenta aí! O que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s